Páginas

3 de ago de 2015

Por que temos que conhecer a Cristo.


Muitos hoje se enganam que conhecem a Cristo.

O que NÃO SIGNIFICA conhecer a Cristo? ... Não significa conhecer certos dados históricos sobre Cristo; "não" se trata de um conhecimento intelectual, se trata de um conhecimento pessoal, se trata de um conhecimento espiritual. Exemplo: eu admiro um certo artista, sei onde ele nasceu, sei em que dia/mês/ano, sei o seu nome complete, sei dos seus gostos, etc., Eu sei algumas coisas dele mas, pessoalmente, eu não o vi, não o conheço, e nem sequer o saudei pessoalmente, não posso dizer que o conheço?

 - Conhecer a Cristo não se trata de sabermos que nasceu da Virgem Maria em Belém da Judeia, que foi um carpinteiro, que viveu na Judéia, no Egito, na Galiléia, morreu em Jerusalém por ordens de Póncio Pilatos, etc. Conhecer a Cristo não se trata de conhecer essas datas históricas de quem é Cristo na História, é muito mais que isso.

 - Conhecer a Cristo tampouco significa fazer uma oração de fé. Existem irmãos que usam essa frase como sinônimo de receber a Cristo por fé. Perguntam para as pessoas: “você conhece a Cristo” no sentido de “você recebeu a Cristo como seu Salvador?”, e isso não está mau, claro que não está errado..

E a verdade é que as pessoas não conhecem a Cristo com uma decisão de fé e uma oração, se seguem vivendo sem arrependimento e fé, isso não é conhecer a Cristo, pois uma pessoa pode fazer uma decisão e até mesmo aprender a dizer “Senhor Senhor” ou “Deus o abençoe”..

Então, o que é conhecer a Cristo? “Conhecer é reconhecer, sentir, apropriar-se”. Trata-se de um conhecimento por experiência, conhecer mais intimamente, conhecer com amor e confiança, é a palavra que se usa na relação entre (marido e esposa) para esse
conhecimento.

É querer conhecer muito mais, senti-lo, apropriar-se DEle, reconhecê-lo mais, ter mais comunhão com Cristo, amá-lo mais, aprender mais de Sua Pessoa, de Seus atributos, de Suas obras, do que Ele fez por nós, querer “conhecer mais do poder de Sua Ressurreição”, querer conhecer mais da participação de Seus sofrimentos.

Nenhum comentário: