Páginas

26 de nov de 2012

Por que devemos perdoar?

 
Perdoar é renunciar o passado para construir o futuro. A falta de perdão torna a pessoa prisioneira do seu passado. O profeta Isaias, disse: “Esqueçam o que se foi; não vivam no passado. Vejam, estou fazendo uma coisa nova! Ela já está surgindo! Vocês não o percebem? Até no deserto vou abrir um caminho e riachos no ermo. (Is 43:18-19) O passado não pode roubar nossa alegria de viver no presente e nem comprometer a construção do nosso futuro, por isso devemos perdoar. Como afirmei no inicio, o perdão é amnésia do amor, a faxina do coragem e a cura para as memórias amargar. Perdoar não é esquecer, mas lembrar e não sentir mais dor.
 

Um dia Pedro perguntou para Jesus se a quantidade de vezes que ele deveria perdoar o próximo era sete vezes. Jesus respondeu que era 70 vezes 7 (Mt 18.21,22) O que Jesus quis dizer para Pedro, é que na graça não existe contabilidade, devemos perdoar quantas vezes for necessário. Vamos ver cinco razões porque devemos perdoar sempre que for necessário.

Quem não perdoa não pode ser perdoado. Nos seus ensinos, Jesus insistiu em dizer: “Pois se perdoarem as ofensas uns dos outros, o Pai celestial também lhes perdoará. Mas se não perdoarem uns aos outros, o Pai celestial não lhes perdoará as ofensas”. (Mt 6:14-15) A prática do perdão é algo que devemos levar muito a sério, porque é uma questão de salvação ou perdição eterna. Para chegar ao céu, obrigatoriamente todos tem que passar pela porta estreita do perdão. Não perdoar é muito perigoso.
 
Peça ajuda a Deus em oração e mostre que você quer realmente mudar, diga a Deus que quebre o coração duro de pedra e quebrandte o seu eu.

Nenhum comentário: