Páginas

1 de ago de 2015

Nova Criatura



     
    Em 2 Coríntios 5:17 diz:
“Assim, se alguém está em Cristo, nova criatura é: as coisas velhas já passaram; 
eis que tudo se fez novo.”

 Quando a Palavra ensina que se alguém está em Cristo é nova criatura é porque há também a criatura velha, aquela que foi forjada pelo diabo para deturpar a natureza humana e assim tirar do homem a essência de Deus na vida dele. Acontece que o PAI, pela sua imensa misericórdia, enviou Jesus para morrer em nosso lugar e, pela graça, sermos salvos da morte eterna nos tornando nova criatura.

 Adão, quando pecou, nos entregou as fraquezas da carne, fato que todos nós sofremos quando vimos ao mundo. O pecado cometido por Adão trouxe ao mundo a deturpação da essência divina no homem (e na mulher) e com isso ele pôde fazer a violência, a miséria, as doenças, o acidente, separação e destruição familiar, vícios, homicídios, roubo, adultério, prostituição, homossexualismo.

 Por sua vez, na morte redentora da cruz, Jesus, o FILHO DE DEUS, resgatou o direito de todo o que o aceitar como Senhor e Salvador ser feito filho de Deus (João 1:12) e, com este ato, ser lavado e remido pelo sangue precioso que ELE, JESUS, derramou na cruz fazendo com que nós alcançássemos o perdão tendo acesso novamente a nossa verdadeira imagem que é a de ser semelhança de nosso Deus e Pai.

A graça, ao nos reestruturar espiritualmente, fez com que pudéssemos ser nova criatura, gozando dos direitos inerentes ao filho e tendo a plena consciência que as coisas velhas, práticas de pecados, já passaram e que agora, o nosso viver é Cristo, ou seja: praticar o que o Senhor determina em sua Palavra para podermos ter tudo novo em nossa vida.

Infelizmente, alguns ainda perdem este privilégio não crendo que esta benção só pode ser alcançada pelo arrependimento da vida em pecado e pela consequente aceitação de Jesus Cristo como Senhor e Salvador, até porque Deus não deu outro nome pelo qual importamos ser salvos (Atos 4:12).

A nova criatura só é conquistada pelo nome de Jesus, quando o aceitamos como nosso Senhor e Salvador não havendo outra hipótese, sendo vão qualquer esforço humano para tentar conquistar esta bênção uma vez que ela só ocorre pela graça de Deus. João 14:15. “Se me amardes, guardareis os meus mandamentos.”


Hoje, você tem a oportunidade de participar desta graça, basta pedir perdão dos seus pecados, se arrepender e aceitar Jesus como seu Senhor e Salvador e, a partir de agora, ser uma nova criatura em Deus e Jesus Cristo pelo Espírito Santo gozando dos benefícios da adoção de Deus.

Nenhum comentário: