Páginas

27 de mar de 2009

Se Deus é perfeito, de onde então veio o mau.







 






O que é o mal?

O mal é resultado direto da capacidade de escolher. Pode parecer incrível, mas há quem prefira o sujo ao limpo, o feio ao belo e o mal ao bem.

O querubim da guarda (Lúcifer), em dado momento, escolheu voltar-se contra o Senhor. Depois, o ser humano, preferiu conhecer o mal (porque o bem ele já conhecia e com uma intensidade que só conheceremos no Céu).

É bom lembrar que o mal é a ausência de bem e, portanto, não tem necessariamente existência autônoma. Assim, não é completamente próprio dizer-se que o mal veio de algum lugar, mas sim que ele foi gerado no coração de um ser livre.

Por isso a conversão é importante, por ser a decisão também livre de escolher renunciar ao mal para apegar-se ao bem.